Restaurar

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
fog, tree, mood

Tem dias que sinto morrer por dentro
Sinto sangrar como ferida
Como um câncer exposto
Dói por dentro e fere a visão dos olhos
E nem as memórias lindas do passado me traz de volta a alegria da vida
Lembro apenas que todos meus amores já se foram
E se transformaram em fantasmas
Fantasmas que assombram minha vida
Quero enterrá-los de uma vez
Pra poder crescer sozinha sem muletas
Quero abrir asas e voar
Renascer em outro canto
Em outra vida!

Ana Maria Barbosa Machado

Ana Maria Barbosa Machado

Outras publicações

Rolar para cima