Juh Hunzicker | Um rímel, um café e um textão

Bauruense, 43 anos, escritora por paixão. Aos 14 descobri um amor pela escrita com o poema Meus Oito Anos de Casemiro de Abreu. Aos 18 escrevi meu primeiro conto policial. A vida trouxe percalços e rotinas nas quais deixei de lado o sonho, na Pandemia voltei a escrever para curar dores do pânico e ansiedade, e não parei mais. Ainda continuo aprendendo. Escrever liberta, salva e eleva a alma.

Todas as colunas de Juh Hunzicker | Um rímel, um café e um textão

Um rímel, um café e um textão

Nina, a menina do cabelo prateado

Nina era pequenina e sonhadora, amava ler poesias e vivia com livros para todo lado. Mas havia algo que a deixava muito triste: seus cabelos prateados. Não por ela. Já havia se acostumado com seus fios brancos, que já eram

Um rímel, um café e um textão

O balão da felicidade

Não sou muito fã de ver vídeos na internet. Na maioria das vezes, pulo, ou vejo rapidinho sem áudio. Mas tem uma coisa que me prende muito, que passo um tempo vendo, me emociono, me divirto. É uma terapia: chá

Um rímel, um café e um textão

A 4º onda e a dança da chuva

Marieta estava confortavelmente relaxada em sua poltrona vendo as notícias pelo celular. Agradeceu aos céus as chuvas dos últimos dias. Numa tentativa inútil de se eximir da sua responsabilidade por encontrar soluções para a falta de água que a população

Um rímel, um café e um textão

A luta do século: Eu X Minha Ansiedade

O ringue estava pronto: de um lado eu, embora com medo sempre. Do outro, plena e implacável, minha ansiedade. Ela era uma boa combatente e adversária. As luzes acesas, o juiz Bom Senso estava nervoso, sabia que seria uma grande

Um rímel, um café e um textão

Redes Sociais X Paz Mental

Quem já teve alguma rede social hackeada põe o dedo aqui que a casinha vai feeeeechar!! Pois é, eu tive. Algum desocupado do sul da Ásia, comendo seu sanduiche, engordando na frente de um super computador, viu meu Instagram e

Um rímel, um café e um textão

Uma noite romântica numa casa mal assombrada

Parece meme. Confesso que um dos filmes que mais gosto de ver para relaxar é um bom terror em que uma família feliz muda para uma casa mal assombrada. Além de gostar, assisto para estudar. Sim, estudo filmes e séries,

Um rímel, um café e um textão

Aponta pro QR CODE e vai

Quem nunca ouviu falar quando era criança que no futuro teríamos um CHIP para nos monitorar? Eu imaginava se iam insta-lo no meu braço ou na cabeça. Tenso. Pois é, parece assustador, mas o futuro chegou! Nós temos um chip.

Um rímel, um café e um textão

A dependência emocional esmaga sua liberdade

Um homem sangue suga. Uma mulher carente. Dinheiro. E uma relação que se tornará abusiva. Parece roteiro de uma novela mexicana. Mas acontece todos os dias. Até com os papéis invertidos. Mas acontece. Você não se torna dependente emocionalmente de

Um rímel, um café e um textão

Beijar é bom (e necessário)

Você sabe que o mundo vai mal quando em um reality, ao vivo, um beijo gay é cortado e um hetero é mostrado. Um beijo bem dado é bom, seja ele hetero ou gay, ou de qualquer outro gênero. Aliás

Um rímel, um café e um textão

Olha o gás!

Acordei pela manhã, era segunda feira, minha folga! Fui fazer o café e… Segundou! Acabou o gás. É redundante, mas necessário falar que o bendito só acaba quando mais precisamos. Mas me levantou uma questão que há tempos estava entalada

Rolar para cima